Sobre o Teatro Metaphora

Fundada a 3 de Setembro de 2009, o Teatro Metaphora é uma associação cultural, sem fins lucrativos, que tem por finalidade:

  • manter um grupo de teatro em actividade;
  • produzir espectáculos de teatro;
  • pesquisar, estudar e divulgar a arte dramática nas suas diversas modalidades e aplicações;
  • desenvolver e participar noutras actividades culturais e de diferentes disciplinas artísticas, contribuindo, desse modo, para a valorização e difusão do património cultural;
  • promover palestras, cursos, seminários, oficinas, e debates de carácter artístico-cultural, educacional e psicossocial.

 

Esta colectividade surge da determinação de um grupo de artistas e entusiastas que, motivados pelos sucessos alcançados nos espectáculos teatrais realizados em estreita colaboração com a CRIAMAR (Associação de apoio a crianças e jovens carenciados), nomeadamente “A Ceia dos Cardeais”, e “A Mulher Sem Pecado”, decidiram constituir-se em associação, de modo a contribuir para os objectivos acima referidos e, por sua vez, para uma maior e melhor oferta teatral e cultural às populações.

Trata-se de assumir um compromisso com a cultura, particularmente com o teatro, área que se considera fundamental para o desenvolvimento humano, uma vez que se constitui numa ferramenta essencial de formação cívica.

O propósito do Teatro Metaphora corresponde à realização dum projecto sociocultural, gerador de ideias, de energias, de sentimentos, através de uma programação diversificada em géneros, formas e expressões artísticas contemporâneas, pensada a partir dos desejos e desafios culturais dos diferentes segmentos de públicos.

O Teatro Metaphora quer contribuir para uma programação artística e cultural que vise a promoção da qualidade de vida com sentido, e não apenas como entretenimento. Queremos também, que essa programação multidisciplinar associe tradição e modernidade, numa lógica de constante proximidade com os cidadãos, de formação e fidelização de públicos.

O projecto do Teatro Metaphora inscreve-se numa estratégia global de afirmação da Ilha da Madeira como comunidade criativa, em que este grupo, entre outras colectividades, se assume como um espaço de inovação e de mudança, visando o reforço da excelência da nossa terra.

Deixar uma resposta